terça-feira, 21 de abril de 2015

Guilherme volta à presidência da Câmara



depois de Quatro dias ddeterminação da juíza Mariza Silva Borges, da 2ª Vara Civil da capital, quanto ao afastamento de Guilherme Uchôa (PDT) da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), o desembargador e presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), Frederico Neves, suspendeu nesta segunda-feira (20) a decisão da meritíssima. Dando o direito de Guilherme Uchôa voltar à presidência da Alepe.

Pedro Henrique Reynaldo Alves presidente da Ordem dos Advogados do Brasil em Pernambuco (OAB-PE), adiantou que a entidade deve recorrer da decisão. "É uma decisão monocrática, não foi do colegiado. Provavelmente estaremos ingressando com o recurso cabível, o agravo regimental, dentro de cinco dias", afirmou Pedro

Quanto a Uchôa, promete entrar com uma ação na justiça contra a entidade.