domingo, 20 de abril de 2014

Em coma, Schumacher é processado por bater em moto

O piloto Michael Schumacher está em coma desde o último dia 29 de dezembro, mas isso não impediu que nesta semana ele fosse processado por ter se envolvido em um acidente de trânsito na Espanha. A batida ocorreu dia 17 de novembro de 2013, cerca de 40 dias antes de o campeão ir para o hospital.
O alemão dirigia um Audi A4 e bateu em uma moto. O motociclista acabou fraturando o punho, precisou ser operado, mas passa bem.

O nome do acidentado é Francisco M.A., que reclama - além da lesão sofrida - de ter tido seu relógio quebrado, roupas rasgadas e outros objetos pessoais danificados na batida.
O acidente ocorreu na rodovia A-8062, em direção a cidade de Gines, na região de Sevilha. Segundo relatório da polícia local, o motivo do acidente foi a falta de iluminação adequada da via e imprudência de Schumacher. Por isso, o alemão será julgado por conta da negligência.
Além de Schumi, a empresa Securitifleet, responsável pelo aluguel do carro, também terá que responder judicialmente.
UOL, São Paulo