domingo, 9 de março de 2014

Pedro Carmona faz três gols em cima do Porto e leva o Náutico à liderança do Estadual


Em tarde inspirada do meia Pedro Carmona, o Náutico conseguiu superar o Porto e o péssimo gramado do Lacerdão para vencer a equipe caruaruense por 4×1, de virada, e assumir a liderança do Campeonato Pernambucano com 11 pontos ganhos.
Os gols alvirrubros foram marcados por Pedro Carmona (três vezes, aos 22 do primeiro tempo, aos 27 e aos 43 do segundo tempo) e Elicarlos (de pênalti, aos 13 do primeiro tempo), enquanto Thaciano marcou para o Porto com um minuto de jogo.
O Timbu agora é líder isolado do Estadual e na próxima rodada encara Central na Arena PE no domingo (16). Já o Gavião do Agreste também vai à Arena PE, mas para duelar contra o Santa Cruz, no sábado (15).
O jogo
Parecia que o Náutico sofreria mais um revés para times do interior. Depois de perder em casa para o Salgueiro na última quarta-feira o Alvirrubro veio à Caruaru com o objetivo de recuperar os pontos perdidos.
Mas, tudo começou difícil para o Alvirrubro, não só pelo péssimo estado do gramado, como também pelo gol sofrido com apenas um minuto de jogo, após falha de William Alves e Gerley, Thaciano aproveitou e abriu o placar para o Porto.
A torcida do Náutico já começava a esquecer o jogo para vaiar os dois defensores que falharam no gol. Em campo, os visitantes tentavam esquecer o revés no início do jogo para igualar o marcador.
Aos 3 minutos Carmona fez a primeira finalização do jogo, mas Tiago segurou sem perigo. Foram mais de dez minutos de domínio do Náutico em busca do gol e aos 12 Pedro Carmona foi derrubado na área por Evandro e o árbitro marcou pênalti.
Elicarlos foi para a cobrança e empatou o jogo. O Alvirrubro ficou mais tranquilo na partida mas não abdicou do ataque e foi em busca da virada.
Aos 21 o Porto mostrou que também estava em busca do desempate. Cruzamento na cabeça de Kiros e Alessandro fez uma grande defesa, a bola ainda tocou na trave.
Um minuto depois o Náutico conseguiu a virada com Pedro Carmona, após lindo passe de Marcos Vinícius. A virada obrigou os donos da casa a saírem pro jogo.
A jogada mais perigosa do Gavião eram as cabeçadas de Kiros, que ganhou todas as bolas pelo alto da defesa alvirrubra. Aos 35 e teve uma boa chance de igualar o jogo, mas cabeceou pra fora.
Segundo tempo
Na segunda etapa o Porto veio com mudanças, Jeremias na vaga de Evandro. O Tricolor do Agreste ficou mais ofensivo em campo mas foi o Náutico que assustou primeiro.
Aos 11 minutos Gerley fez grande jogada passando por três marcadores e deixando Marcelinho na cara do gol, mas ele tocou pra fora. Depois do lance, os dois treinadores mexeram na equipe.
Elenilson perdeu o seu principal jogador, Kiros, que saiu machucado para a entrada de Matheus Araripina. Já Lisca tirou Marcos Vinícius e Marcelinho e colocou dois atacantes – Paulo Júnior e Hugo.
Os donos da casa perderam em jogadas aéreas mas ganharam em velocidade. Aos, 18 Thaciano, o melhor em campo pelo Porto, tentou em mais uma jogada individual, mas o chute bateu nas redes pelo lado de fora.
Quatro minutos depois o técnico Elenilson sacou Thaciano e colocou Marcelinho. Apesar de ser o mais ativo do time tricolor, os donos da casa não sentiram a falta de seu principal meia, já que Marcelinho também criou boas chances de gols.
Tanto que aos 27 ele mandou um lindo chute colocado no travessão de Alessandro. Daí pra frente o Náutico dominou om jogo e matou a partida. Aos 27, Pedro Carmona marcou o seu segundo gol no jogo matando qualquer chance de reação dos donos da casa.

As coisas pioraram ainda mais para o Porto nos minutos finais. Aos 43, Carmona fez o seu terceiro gol fechando o caixão tricolor e garantido a liderança ao Náutico.
Campeonato Pernambucano
Local: Estádio Luiz Lacerda, em Caruaru.
Porto: Thiago; Fellipe Almeida, Wallace, Geninho e Jackson; Cosme,Jefinho, Renan, Evandro (Jeremias) e Thaciano (Marcelinho); Kiros (Matheus Araripina). Técnico: Lenílson
Santos.
Náutico: Alessandro; Hélder Maurílio, Luiz Alberto, William Alves e Gerley; Elicarlos, Dê, Yuri Naves, Marcos Vinícius (Hugo) e Pedro Carmona; Marcelinho (Paulo Júnior).
Técnico: Lisca.
Cartões amarelos: Evandro e Wallace (Porto)
Gols: Porto – Thaciano (aos 2min, 1°t); Náutico – Elicarlos (aos 13 min), Pedro Carmona (aos 22, 1°t,aos 27 e aos 42 do 2°t)
Árbitro: Gilberto Castro Júnior. Assistentes: Ricardo Chianca e Charles Pires.
Público:3.912
Renda: R$ 31.500,00.
Fonte: Blog do Torcedor
Fotos: Diego Nigro / JC Imagem
Por: Matheus Albino