domingo, 23 de fevereiro de 2014


Marcos Vinícius marcou belo gol na partida

Quando o Náutico veio para o gramado da Arena Pernambuco, o técnico Lisca meio que ordenou: a vitória teria que vir independente do futebol apresentado. O comandante alvirrubro não queria saber apenas de jogar bem, queria os três pontos tão ausentes ultimamente. Pois bem, o Timbu não chegou a fazer uma apresentação maravilhosa, mas fez o necessário para bater o Porto por 3×0, na tarde deste domingo, na Arena Pernambuco, pelo Estadual. Marcos Vinícius, Pedro Carmona e Helder Maurílio anotaram para os alvirrubros, que voltaram a vencer depois de seis jogos e conquistaram a primeira vitória na arena nesta temporada.

Com os três pontos, o Náutico soma cinco e sobe para terceiro no hexagonal do título. Agora os comandados de Lisca descansam. Se o clássico contra o Sport não ocorrer mesmo na próxima quinta (27), o Timbu só volta ao gramado na Quarta de Cinzas, contra o Salgueiro, mais uma vez na Arena. Já o Gavião fica somente com três pontos, na vice-lanterna.

O JOGO - O Náutico veio armado com a mesma equipe que foi bem no segundo tempo contra o Santa Cruz, na última quarta-feira. O técnico Lisca apostou em Marcos Vinícius e em Zé Mário entre os titulares para ganhar mais velocidade e ofensividade, principalmente pelas laterais. Isso, contudo, não ocorreu de imediato. Nos primeiros minutos, o Timbu ficou preso na marcação do Gavião em muitos momentos.

A partida ficou amarrada no começo com muita marcação em ambos os lados. Era preciso uma jogada individual para quebrar algo. Foi aí que surgiu uma das apostas de Lisca: Marcos Vinícius. O meia aproveitou bola na área, se livrou da marcação de Cosme e marcou um belo gol abrindo o placar aos 23 minutos.

Hélder marcou o terceiro gol

A vantagem deu mais tranquilidade para os donos da casa, que pouco foram agredidos. Foi o momento de tocar mais a bola e valorizar a posse de bola. Assim, deu até para ampliar com Pedro Carmona, de falta, aos 26, e com Hélder Maurílio aos 37, após jogada em velocidade pela direita.

Com tamanha margem de gols para o Náutico, a partida perdeu em emoção. O Timbu apenas administrou o confronto e esperou o fim do jogo. Teve suas chances ainda, mas nada suficiente para ampliar o placar. Por outro lado, o Porto estava abatido e pouco chegou à meta de Alessandro, que mesmo quando exigido mostrou serviço.

FICHA DA PARTIDA – NÁUTICO 3X0 PORTO

Náutico – Alessandro; Hélder Maurílio, Luiz Alberto, Flávio e Zé Mário (Izaldo); Elicarlos, Dê, Yuri, Carmona e Marcos Vinícius (Roberson); Hugo (Marcelinho). Técnico: Lisca.

Porto – Emanuel; Wallace, Allison e Cosme (Jeffinho); Felipe Almeida, Caio, Evandro, Guego (Mateus Preá), Thaciano e Baiano (Alex Caruaru); Kiros. Técnico: Elenilson Santos.
Pernambucano. 

Local: Arena Pernambuco, São Lourenço da Mata (PE). Árbitro: Luiz Cláudio Sobral. Auxiliares: Ricardo Bezerra Chianca e Charles Rosas Pires. Gols: Marcos Vinícius (N) aos 23, Pedro Carmona aos 26 e Hélder Maurílio aos 37 minutos do primeiro tempo. Amarelo: Alex Caruaru (P).

Fotos: Rodrigo Lôbo/JC Imagem