quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Polícia trabalha com duas hipóteses para motivação de assassinato a tiros de mulher no Bairro Santa Tereza


No homicídio acontecido na manhã desta quarta-feira (25), que vitimou Iara de Oliveira Neves (27 anos, natural da cidade de Remanso, Bahia), assassinada em uma construção de sua propriedade na Rua José Chagas, no Bairro Santa Tereza, a polícia já trabalha com duas linhas de investigação.

De acordo com informações da polícia, o assassino já estaria a espera da vítima dentro da construção e, ao ter percebido, Iara tentou correr e chegou a pedir socorro quando foi atingida com o primeiro tiro, nas costas.

Ao cair, o assassino (que segundo um pedreiro, principal testemunha vestia blusão e estava de capacete) chegou perto dela e desferiu mais dois tiros, na região da cabeça.

Em seguida, o assassino fugiu. Segundo o delegado Dr. Júlio Cesar Porto, da 17ª delegacia seccional em Santa Cruz do Capibaribe, as linhas de investigação mais prováveis para o crime são de uma desavença pessoal ou de um possível envolvimento da vítima com o tráfico de drogas.

Ainda de acordo com o delegado, a vítima possivelmente conhecia o assassino e poderia ter ciência de uma possível emboscada.

Este é o 32º homicídio registrado em 2013.

Fonte: Blog do Ney Lima
Fotos: aquivos familiar, Blog do Ney Lima